O segredo que faz a diferença em toda liderança, você vai ter que lidar com isso

Liderança

Você faz reuniões, cobra metas, direciona a equipe e treina. Mas você já parou para pensar no que você pode fazer para realmente surpreender as pessoas do seu time? Neste artigo, vou te contar uma coisa muito simples, mas que vai fazer muita diferença na sua liderança.

Você também pode acompanhar este conteúdo através do vídeo:

Uma das maiores carências das pessoas é serem reconhecidas. Elas têm a necessidade de serem valorizadas, observadas e assistidas. Elas querem existir e, para que elas existam, o líder tem que olhar, estar presente e ouvir. 

Senso de pertencimento move as pessoas

Isso traz um senso de pertencimento e de importância que talvez você até subestime, mas é o que move as pessoas no fim do dia e existe um jeito absolutamente simples de fazer isso. Sabe como é que é? Ouvindo as pessoas. 

Se você souber utilizar força da escuta, que é o poder de ouvir as pessoas de verdade; em uma “tacada só”, você vai ser capaz de fazer um monte de ações importantes, como: receber um feedback da sua equipe e empoderar as pessoas, porque você vai dar voz a a elas.

Você também vai se tornar capaz de reconhecê-las, porque toda vez que você faz uma pergunta e se importa com a opinião delas, elas se sentem reconhecidas. Motive a sua equipe, porque as pessoas se desmotivam na medida em que elas se desconectam e, assim, vão ficando isoladas se ninguém estabelecer uma comunicação com elas.

Relações em outro patamar

A escuta tem um poder extremamente precioso e raro nos dias de hoje. Ela cria conexão entre você e uma pessoa do seu time ou até com seu time todo. Mas você pode estar se perguntando: como fazer isso na prática?

Existe uma prática HD para você fazer com o seu time que pode levar a sua relação com as pessoas para outro patamar. Ela é bem simples e fácil de fazer, mas vai impactar a todos, principalmente se você não está acostumado a fazer tantos encontros para dar voz a sua equipe. Basta ter um pouco de coragem para se abrir e criar uma conexão. Isso vai ser formidável, vai ser incrível.

Dê abertura às pessoas

Primeiro: Marque uma reunião com seu time e, já na abertura, procure deixar todo mundo bem leve, bem aberto. Pergunte como é que foi o dia, procure colocar um tema ameno para poder descontrair a turma e relaxar todo mundo. 

O objetivo é ouvir o seu time

Na sequência, conte que está fazendo um encontro com o objetivo de ouvir o que eles pensam. Quanto mais eles falarem, isso será um indicador de que eles estão participando de coração aberto, com leveza, com abertura. Isso é fundamental para essa prática. Então, peça para que as pessoas falem com o coração aberto, que elas relaxem e digam o que pensam.

“O que você faria se fosse o líder da empresa?

Depois dessa introdução, faça a seguinte pergunta para o seu time:  Se você fosse o líder desta empresa e tivesse poderes e recursos ilimitados,  o que você faria?  

Uma pergunta muito simples, mas quando você coloca a pessoa na posição de liderança e dá a ela todos os recursos, ela vai dizer tudo que faria, todas as melhorias possíveis. Essa prática é muito legal, porque você vai receber um feedback incrível, mesmo que o seja dito pareça inalcançável. 

Está ao seu alcance

Algumas pessoas vão viajar na maionese; mas pode ter certeza que a maior parte dos comentários que você vai ouvir é extremamente pertinente e está ao seu alcance mudar para trazer um senso de escuta às pessoas. Você vai ter ideias, dicas e até reclamações de coisas que estão incomodando e que são extremamente simples de fazer ou mudar.  

Agora uma coisa bem importante: Quando as pessoas estiverem falando, você não deve interromper, justificar ou comentar. Apenas agradeça e se você tiver dúvida sobre o ponto, pergunte. Mas é para aprofundar e não para justificar ou bloquear. Ok? 

Anote  tudo que as pessoas foram dizendo para você e encoraje-as. Não peça para que elas falem, peça para que elas te contem um pouco mais. 

A liderança é sua! O que fazer se as pessoas não interagirem?

Se você perceber que a conversa não está rendendo muito, que as pessoas estão travadas, é um sinal de que elas estão com medo. Normalmente, em uma reunião, quando as pessoas falam  pouco é porque estão se sentindo inseguras. Só tem uma pessoa na sala que pode tirar esse medo dali: o líder!

Nesse caso, você pode reforçar o que quer ouvir delas para que fiquem tranquilas, falem com o coração aberto. Você também pode fazer perguntas específicas para que elas se soltem aos poucos, por exemplo:

O que você  mudaria na estrutura?

O que você acha que poderia mudar para ter um ambiente melhor de trabalho?

O que você acha que a gente pode fazer para que as pessoas tenham um resultado melhor ou tenham mais felicidade aqui dentro?

Movimente as pessoas

Procure trazer algumas perguntas para fazer as pessoas se movimentarem e falarem mais. Quanto mais elas falarem, é sinal de que elas estão perdendo o medo no coração. Essa é uma prática extremamente simples e valiosa. As pessoas vão se sentir ouvidas e acolhidas. Elas vão se sentir importantes, porque alguém está pedindo uma opinião delas sobre um tema extremamente importante. Você está dando poder para falar. 

Empodere sua equipe

Dessa leva de questões que vão surgir, você vai avaliar com calma, não naquele momento. Ali não é hora de fazer comentários, mas de agradecer, de empoderar, de dar voz às pessoas. Depois você faz uma análise para filtrar aquilo que pode fazer rápido. 

Tem muita coisa que você faz que pode estar incomodando as pessoas ou que pode trazer um bem estar para todo mundo. Outras serão projetos que você pode tentar a médio e longo prazo. Porém, também vão ter sugestões que não têm nexo, mas tudo bem, não tem problema nenhum e faz parte.

Saindo da posição de execução de tarefa para pensar grande

O importante é que este tipo de encontro libera a criatividade, favorece o diálogo, cria conexão e as pessoas se sentem valorizadas. Você vai ter um monte de ideias florindo. Você coloca as pessoas em uma posição de protagonismo. Você as tira daquela posição de execução de tarefa para poder pensar um pouquinho grande.

Isso faz uma diferença enorme na relação de vocês. Faça isso e a sua equipe vai ficar em choque.

Como fazer a gestão das expectativas da equipe?

Muitos líderes ficam com medo de fazer esse tipo de prática para não gerar expectativas nas pessoas. Afinal de contas, se as pessoas estão pedindo uma solução e se aquilo não virar realidade, elas podem ficar frustradas. Esse é um pensamento limitante que toma conta do líder e ele acaba não fazendo esse tipo de coisa.

Quando você dá voz às pessoas, você vai criando encontros, favorecendo o diálogo e elas vão amadurecendo.  Elas sabem que aquilo não é a caixa de sugestão que você escreveu e está pronto no dia seguinte. É uma construção de ideias, um movimento de criar diálogo e abertura para que as pessoas se expressem, para que o líder também avalie e, às vezes, se auto avalie e analise se aquilo pode ou não virar uma ação. 

Não tenha medo de colocar em prática. Pode ter certeza que as pessoas não vão ficar frustradas se alguma coisa não sair do papel. Elas vão se sentir ouvidas e claro que parte daquilo vai acabar virando ação. Depois que você contar que aquelas ações foram feitas graças àqueles comentários, isso vai fortalecer a relação.  

Onde existe medo, não existe liderança

Não tenha medo, onde existe o medo de fazer alguma coisa, não existe uma liderança de alto nível. Ouvir as pessoas é uma tarefa de liderança. Se você é lider, você tem que aprender a lidar com isso. Quanto mais você aprender, melhor líder você será. 

Aquela coisa que transforma

Após fazer tudo isso, procure as pessoas individualmente para saber o que elas acharam dessa experiência. Se você entendeu que tem algumas coisas que são muito bacanas, que merecem ser colocadas em prática, com certeza vai encontrar; cria um outro momento para levar uma devolutiva. 

Diga que graças àquelas ideias e àquele encontro você vai fazer uma série de ações. Isso vai deixar as pessoas de cabelo em pé de tanta alegria, porque elas realmente foram ouvidas e aquilo virou ação.  Agora que você já sabe disso, é só fazer aquela coisa que transforma: Fa-zer!

Liderança que transforma

Seja um líder que escuta a sua equipe. Transforme a sua vida e a da sua empresa com formas práticas de liderar e desenvolver pessoas. Como estão as suas relações com a sua equipe? As conexões estão fluindo com harmonia? Os resultados que você precisa estão sendo alcançados? Você já pensou em olhar para sua liderança e mudar o jeito de chegar nos resultados?

Do próximo dia 6 ao dia 12 , eu vou te ajudar a potencializar suas características mais fortes e aprimorar aquelas que estão sendo pouco utilizadas, motivar pessoas e lidar com cenários difíceis para que você mude a rota da sua vida e seja visto como um grande líder!

Acesse o link e torne sua liderança mais assertiva, motivadora e rumo ao sucesso! Eu vou te ensinar a Liderar de Verdade! 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

MICHAEL OLIVEIRA

Michael é Líder e Fundador do Instituto Brasileiro de Liderança. Atua em posições estratégicas há 20 anos, é especialista em gestão de negócios e já liderou equipes e empresas nas principais capitais do Brasil, ocupando cargos de gerência até CEO.

Leia também

WeCreativez WhatsApp Support
Dúvidas? Fale com o Hélio
? Olá, como posso te ajudar?

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site