10 passos fundamentais para delegar com sucesso

Como delegar

O dilema de muitos líderes: como delegar? Eles sabem que precisam fazer isso. Mas a rotina está pesada, sofrida por diferentes motivos e eles acabam não delegando, seja por falta de técnica e conhecimento de como fazer isso ou por medo. Esse é o seu caso? Você tem dificuldade de delegar? Então, confira este texto que eu vou te entregar orientações e dicas poderosas para você fazer na prática!

O medo trava a liderança

Medo de abrir mão do poder, de apostar nas pessoas, delas fazerem alguma coisa errada… enfim, o medo trava a liderança.  A pessoa que lidera assim deixa de entregar as tarefas, não delega. 

Isso é extremamente perigoso, porque a carga vai ficando cada vez mais pesada e a sua equipe sempre que tem um problema, fica esperando a solução partir do líder e não tem atitude.

Líderes centralizadores ficam mais sobrecarregados

O resumo da ópera é o seguinte: quanto mais você centraliza o trabalho em você, mais limitada fica sua equipe, mais sobrecarregado você fica e mais dependente a sua empresa se torna.

Muitas vezes, uma  empresa deixa de crescer ou um setor não entrega os seus melhores resultados porque estão limitados ao “poder” daquele líder.  O melhor pensamento para colocar a sua equipe em alta performance é soltar o potencial das pessoas, é justamente abrir mão do poder.

Abra mão do poder e delegue funções

Você precisa delegar, entregue para as pessoas mais responsabilidade. Confia que elas vão fazer e tolere alguma margem de erro, porque isso faz parte do aprendizado.

10 passos fundamentais para delegar com sucesso

1. Entenda em quem você pode se apoiar e que tem vontade de crescer

Converse com a sua equipe para poder entender claramente quem é que quer crescer e aprender no seu time.  Você já parou para conversar com as pessoas individualmente para entender isso, para fazer essas perguntas: Você quer crescer? O quê que você quer na empresa? Você quer alcançar novos cargos, uma posição de liderança no futuro?  

Se você procura as pessoas para ter uma conversa sincera sobre isso, você vai conseguir entender quem quer e tem abertura para o aprendizado e quem está satisfeito fazendo o trivial. Não tem nenhum julgamento, mas é importante você entender as pessoas nas quais você pode se apoiar para começar a delegar as tarefas 

2. Escolha as pessoas certas para cada tarefa

Agora você já entendeu quais as pessoas que têm baixo potencial de crescimento; aquelas que vão entregar o pacote, mas não vão ter um crescimento muito grande e encontrou dentro do grupo algumas pessoas com muita abertura para aprendizado, afim de crescer. É nelas que você vai mirar para poder distribuir algumas tarefas. Combinado?

3.  Se organize e relacione as tarefas de rotina

Tire um momento para se organizar e relacionar item por item de todas as tarefas que você faz no seu dia-a-dia.  Pense desde o começo até o final do dia naquelas tarefas que são pontuais em alguns dias da semana. Anota tudo.

Depois, você prioriza aquelas tarefas que são muito operacionais ou simples essas você tem que delegar 100%. A vantagem é que essas tarefas, você pode distribuir para as pessoas que têm baixo ou médio potencial, porque são mecânicas.  Você já relaciona e divide imediatamente, mande para as pessoas executarem e tire isso de cima de você. 

4. Monitore todas as circunstâncias

Para as de média complexidade ou que você pode preparar alguém com mais potencial;  chama a pessoa, entrega a tarefa e monitora o andamento. Em todas as circunstâncias você vai monitorar, mas nessas você vai ter uma etapa de aprendizado, de explicar detalhadamente e eventualmente  executar só para a pessoa entender o passo a passo.

Se você fizer as análises, certamente vai encontrar a oportunidade para delegar pelo menos metade das coisas que você faz. Então faça esse exercício, porque ele é poderoso para tirar um peso das suas costas. 

5. Do operacional para o tático

Agora que você delegou aquilo que é muito operacional, você pode subir de nível. Você sai do operacional para o tático. Você vai gerenciar aquelas tarefas e liberar as pessoas de tempos em tempos.

Não fica muito em cima, porque ninguém gosta. Você gosta de trabalhar com o chefe no seu cangote? Você não gosta, né?! Então, dê espaço para as pessoas, permita que elas se desenvolvam e marque, com alguma periodicidade, para você acompanhar e ver as entregas e os resultados.

6. Acompanhe as pessoas e tenha paciência

Dê um tempo de uma semana a 15 dias para as coisas entrarem no eixo, lembrando que o tempo depende do ciclo que você tem com a sua equipe. Monitore também, não pode deixar de lado porque você vai abandonar a equipe. Então acompanhe as pessoas, dê o suporte e tenha paciência. Aos poucos, elas vão entrar no ritmo. Não se assuste se em breve elas estiverem fazendo melhor do que você.

7.Acredite no potencial das pessoas

O  primeiro ponto é acreditar que as pessoas têm potencial. Se você olhar para sua equipe e não ver a capacidade de crescimento, isso é uma limitação sua, não deles.  

Todas as pessoas podem aprender qualquer coisa, basta dar os estímulos corretos e ter as melhores conversas para você favorecer um ambiente de aprendizado. Então, tenha isso em mente!

8. Invista no aprendizado

 O processo de aprendizado é um pouco lento e leva um tempo. Porém, é um investimento precioso que você vai fazer, porque daqui um tempo, de 3 meses a 6 meses, a sua equipe vai estar lá na frente jogando em Alto Nível. Você tira esse peso das suas costas. 

É um investimento que você vai fazer no seu time de preparar, de capacitar, de confiar, de entregar para eles a responsabilidade. Daqui a pouco o peso fica mais leve para você. 

9. Saia do nível operacional

Como líder, sua obsessão deve  sair do nível operacional. Se você se contenta em ficar na execução, botando a mão na massa e fazendo as atividades, você tem que ter consciência de que esse é o caminho errado.  Você está sendo um líder muito limitante para você, para sua empresa e para sua equipe. 

É necessário ter sede de nível tático e estratégico, se cobrar bastante para poder trabalhar no planejamento, no direcionamento, na capacitação das pessoas. Deixa para trás esse hábito de tirar água no fundo do navio, porque senão ele vai ficar sem capitão e vai bater em um iceberg. 

10. Aquela coisa que transforma: FA ZER!

Agora que você já sabe os pontos fundamentais para você delegar com sucesso, é só fazer aquela coisa que transforma: FA ZER

Seja um Líder de Alto Nível

Você que está aqui, no Instagram, no canal do YouTube ou no grupo do Telegram pode me  mandar a sua dúvida e ela vai respondida por mim, Olho no Olho.

Se você quiser participar do Líder HD Responde, mande um vídeo para o nosso WhatsApp 21 995201894 ou no nosso grupo do Telegram, que tem mais de 4.000 pessoas interagindo, curtindo e recebendo conteúdo todo dia e elas me mandam perguntas também. 

Você também pode deixar o seu comentário com uma pergunta, que eu trago aqui para poder responder. Siga a gente nas redes sociais, com muito mais conteúdo de qualidade para você liberar em Alto Nível. 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

MICHAEL OLIVEIRA

Michael é Líder e Fundador do Instituto Brasileiro de Liderança. Atua em posições estratégicas há 20 anos, é especialista em gestão de negócios e já liderou equipes e empresas nas principais capitais do Brasil, ocupando cargos de gerência até CEO.

Leia também

WeCreativez WhatsApp Support
Dúvidas? Fale com o Hélio
? Olá, como posso te ajudar?