Decodificando a inteligência emocional.

Quando a mente silencia, o que resta é a paz.

Existem muitas ciências que se dedicam a estudar a mente humana há séculos e muitas religiões oferecem caminhos para se alcançar a harmonia interna. Esse é um desafio milenar e com certeza a chave para qualquer pessoa alcançar a paz. 

Foi Buda quem disse que “Uma mente disciplinada traz felicidade.”

A mente humana é um ardiloso recurso da evolução que foi moldada ao longo de milhões de anos. Muitos reflexos,  instintos e emoções são mecanismos de defesa importantes para a vida e nos trouxeram até aqui. Mas eles tem seus efeitos colaterais e podem inundar a nossa vida com stress, inquietação, ansiedade e desenvolver patologias graves como depressão, bipolaridade, transtornos de comportamento e de personalidade.  Esses são os nossos dragões internos, todos nós temos em alguma dose. Dizer que não se tem um dragão, é uma demonstração de raso autoconhecimento. 

A questão não é ter ou não ter dragões. A questão é como lidar com eles. Acalmar a mente é uma habilidade rara e necessária para encontrar o equilíbrio interno e ter uma vida plena. Pessoas podem passar a vida inteira apegadas a paradigmas que se instalam como parasitas e roubam toda o tempo da vida, numa rotina sem muito sentido. 

Nós podemos acessar outros níveis de consciência e ampliar a nossa felicidade. Por outro lado, podemos ser consumidos pelo vício, pelos hábitos ruins, pelo medo, ira, poder, vingança… nossa mente pode vibrar numa frequência emocional e entrar em loop, gerando pensamentos ruins e isso vai se refletir nas nossas experiências. Está aí o gatilho para o desequilíbrio emocional. Esse tema ganhou tanta visibilidade que “Inteligência Emocional” se tornou uma febre nos últimos anos. 

Para mim “Inteligência emocional” se resume numa só palavra: razão. Se você quer dominar as emoções, seja racional, haja de forma racional. Pare, analise, pense e tome decisões baseadas na razão. Quem age com racionalidade, se afasta de entreveros emocionais. Qualquer prática que domine as emoções é derivada da razão. 

Nesta semana, eu lancei um podcast falando sobre isso. Como sempre numa rica experiência de imersão e aprendizado. Aperte o play e se descubra quais são os dragões e como domá-los. 

Sem dúvida existem caminhos diversos para acalmar a mente e todos são válidos. Quero te contar o que funciona para mim: a meditação.

Desde muito novo eu tenho o hábito de meditar e isso me faz muito bem. É o meu momento de interiorizar, relaxar, acalmar os pensamentos, elevar a consciência e acessar outros conhecimentos.  Além de ser uma prática física e mentalmente saudável, como vem sendo amplamente comprovado pela ciência, para mim é uma oportunidade de alcançar visões que normalmente a razão não é capaz. Amplia a nossa visão da existência e a visão de mundo.

E você pode estar pensando, o que isso tem a ver com liderança? Se você tem paz interior, harmonia e sabedoria, vai se relacionar e conduzir as pessoas com mais lucidez. 

Você tem dúvidas que o resultado disso é melhor?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

MICHAEL OLIVEIRA

Michael é Líder e Fundador do Instituto Brasileiro de Liderança. Atua em posições estratégicas há 20 anos, é especialista em gestão de negócios e já liderou equipes e empresas nas principais capitais do Brasil, ocupando cargos de gerência até CEO.

Leia também