Por que liderar como antes não funciona mais

A primeira razão que me vem em mente quando penso nesse tema é, simplesmente, porque o mundo mudou! O mundo mudou completamente nos últimos anos. A espiral de evolução do mundo está rodando, cada vez mais, em ciclos mais curtos.

 

Estamos vivendo tempos mais dinâmicos, mais rápidos, nos quais as coisas estão acontecendo de forma exponencial. O próprio conhecimento é hoje adquirido de forma exponencial. O crescimento das pessoas, da sociedade, o nível de complexidade e de informação que lidamos diariamente mudou radicalmente. Então, fazer como fazíamos as coisas antes não vai produzir os resultados esperados pelas empresas e pela sociedade.

 

Em segundo lugar, com este crescimento, à medida em que evoluímos, a sociedade muda e as pessoas acabam apresentando novos hábitos de consumo, novos comportamentos e Liderar é uma arte que está profundamente relacionada a pessoas. Assim, na medida em que as pessoas mudam, se você não muda, você se desconecta.

 

Um terceiro ponto a ser tratado é que as pessoas não querem mais executar tarefas. Sim, é isso mesmo! Toda a liderança do passado era orientada para resultados e processos e, hoje, as pessoas não querem mais ser apenas executoras. Elas desejam fazer com significado! Ou seja, dar a alguém um cargo com atividades não fará deste um ser pleno e satisfeito com o trabalho, nos moldes que se busca atualmente como estilo de vida.

 

A liderança contemporânea tem o desafio de promover e entregar SIGNIFICADO para as pessoas naquilo que elas fazem. Antes, não havia esta variável na equação de liderança e resultado.

 

Uma questão importante a ser levantada é que antes, liderar nas empresas era força e imposição. Bastava um cargo de chefia para que as pessoas obedecessem a um direcionamento. Hoje, você precisa entender de gente para incentivar, encorajar e engajar as pessoas para que elas façam algo de coração!

 

Agora, entregar resultados é muito mais complexo do que antes. As variáveis são mais complexas, o mundo é transparente, você precisa obedecer a um rigor de Leis muito maior, regulações e controles, ou seja, uma série de variáveis que simplesmente não existiam há cerca de 20 anos atrás. Quanto mais avançamos, mais competitivo se torna o mercado e mais complexas se tornam as atividades. Liderar neste novo tempo é dar conta desta complexidade e ter uma visão sistêmica muito forte.

 

Se você for um Líder que só olha para seu quadrado, você se desconecta do todo, da empresa ou da sociedade. Daqui a pouco, você estará falando sozinho!

 

Antigamente, os horizontes e os contextos eram mais sólidos, as situações e as rotinas muito mais previsíveis. Atualmente, os cenários, os horizontes e os conhecimentos são líquidos, tudo é mais fluido. Tudo muda e é volátil. Liderar na atualidade é uma tarefa que exige saber lidar com o desconhecido, lidar com informações novas e rever suas posições o tempo inteiro. É saber navegar em águas agitadas, já que as coisas mudam com uma intensidade muito maior.  

 

Antes o mindset era objetivo, pragmático e duto. Agora você precisa desenvolver um mindset líquido. A forma de fazer de antes não garante mais êxito neste cenário.

 

Por fim, atualmente, RESULTADO é muito mais do que Lucro! Além dele, você tem que ser capaz de ter sustentabilidade, provocar um menor impacto possível no mundo, cuidar da sociedade, promover o bem-estar das pessoas, assegurar que o meio ambiente está guardado dentro das atividades que você exerce e, principalmente, que você tem que se conectar com seus stakeholders de uma forma saudável. É entender que a empresa é um organismo e que ela se relaciona com todos. Esta relação que vai elevar os resultados.

 

Atenção ao Conceito HD: O grande desafio da liderança contemporânea é conectar todas as pessoas envolvidas na organização a um PROPÓSITO COMUM. Fazer como antes não vai mais funcionar!

 

Comentários