5 dicas para engajar sua equipe a partir de agora

Ter pessoas engajadas, conectadas com o negócio é muito importante. Mas como fazer isso? Como conectar as pessoas com a visão da sua empresa? Neste post quero te mostrar a importância da liderança neste engajamento e como conseguir isso.

Mas antes precisamos identificar o que é engajamento, pois é muito comum que se confunda engajamento com motivação. Por exemplo, se eu te convido a subir comigo o Monte Everest e você aceita, você pode ficar extremamente motivado com a ideia, mas isso não significa necessariamente que esteja engajado com o desafio lançado. Engajamento está ligado a foco e comprometimento, enquanto motivação está ligado a energia.

Quando as pessoas não estão engajadas com a visão, elas estão fazendo coisas, tarefas, tudo sem propósito.

Vamos então às 5 dicas para engajar sua equipe a partir de agora!

 

1. Sonhe Junto!

Antes de tudo, construa uma visão de longo prazo com o seu time de forma a envolvê-los nesta visão. É sempre muito importante que a visão a longo prazo do negócio tenha a participação das pessoas que atuam nele – é assim que as pessoas se comprometem mais.

Independente do nível que você ocupe na sua empresa, supervisor, encarregado, gerente ou ainda diretor, você sempre pode sonhar coisas maiores do que aquele que está acima de você ou quem hierarquicamente te demandou uma tarefa. Afinal, sonhos não possuem hierarquia. Pensando nisso, inclua o seu time no sonho traçado, na visão traçada.  

Se te deram uma meta como, por exemplo, um orçamento de um ano, o que te impede de reunir sua equipe e sonhar algo maior? Quando você sonha além da meta, sua conclusão fica mais fácil e a própria meta vira um detalhe para você e para sua equipe.

Sonhar um sonho junto é altamente poderoso. Faz as pessoas se engajarem! Elas vão se conectar com aquilo e tendem a ter uma entrega muito maior que a meta.

 
2. Libere todo o potencial de cada pessoa

O mais importante na liderança é observar o potencial máximo das pessoas, seus superpoderes. Assim, liberamos o potencial máximo de cada um, dando energia, autonomia e força para que eles coloquem seu potencial para fora.

Entenda em profundidade quem é aquela pessoa que integra sua equipe, o que ela gosta de fazer, que tipo de atividade dá prazer a ela, o que gosta de realizar, suas potencialidades. Afinal, cada pessoa tem seu gosto: uma pessoa gosta de artes, outro gosta de fazer vídeos, outros gostam de música. Muitas vezes, dá para conectar isso com o trabalho e, assim, ela vai se sentir mais engajada e vai conseguir colocar seu potencial no negócio, na meta e no sonho traçado.  

Imagine jogar um diamante no mar. Com o tempo, ele ficará com uma couraça de sujeira, algas e musgo, e pouco vai se parecer com uma pedra preciosa. O mesmo acontece com as pessoas. Então, lapide seus diamantes, faça com que desenvolvam todo o seu potencial de pedra preciosa. Acredite nas pessoas que integram sua equipe.

 
3. Certifique-se que cada pessoa do seu time está conectada com a visão que criaram juntos

O líder deve levar evolução, aprendizado, treinamento, educação, exemplos, recursos e tudo o que for necessário para fazer as pessoas darem o seu melhor. E, quando tudo isso faltar, ele deve levar esperança, porque a esperança faz as pessoas atravessarem as fases mais difíceis e as coisas mais adversas.

Então, olhe nos olhos destas pessoas, uma a uma, e questione a sua relação com a visão apontada: Você acredita que isso é possível? Você pode nos ajudar a alcançar este sonho? Você também vai dar o máximo para isso? Vamos fazer dar certo juntos?

Caso ela não esteja convencida, é possível criar um contexto para que este diálogo se aprofunde e a visão dela clareie e vocês cheguem ao objetivo juntos. É muito importante dar este norte para as pessoas, falar disso e orientá-las.

 
4. Realize rituais para avaliar a rota

Crie rituais. Pode ser um por semana ou a cada 15 dias, com os integrantes da sua equipe, para avaliar o caminho que está sendo seguido em direção à meta e ao sonho traçado.  

Quanto mais alto for o nível de cargo, menor pode ser a periodicidade do ritual. Por exemplo, para os diretores é importante ter um mensal; já para as pessoas de nível operacional, pode chegar a ser um ritual diário.

Neste ritual, deve-se falar da visão de longo prazo, medir e apresentar indicadores do ponto em que a empresa está e aonde deseja chegar.

Porém, mais importante que apresentar os indicadores, é dar espaço para as pessoas responderem questões como: O que acham que pode ser feito para ajustar o nosso curso rumo ao sonho?  O que podemos aprimorar para chegar lá?  

O líder, nestes encontros, é quem gera perguntas. Quem dá as respostas são as pessoas.  Afinal, quanto mais as pessoas falarem nestes rituais, mais comprometidas e engajadas elas ficam. Uma reunião na qual só quem fala é o líder, não haverá engajamento e todos sairão sem se comprometer com nada.

 

5. Ouça o podcast #003 –  Conexão

No podcast #003 da primeira temporada do Líder HD eu conto como as pessoas se conectam ao trabalho e como as pessoas se conectam entre si.

Nós todos podemos nos conectar das formas mais primitivas até as mais sofisticadas. Quando conectamos as pessoas por dinheiro ou prêmios, se estabelece um tipo de relação, fraca na maioria das vezes e sem muito engajamento. Mas quando nos conectamos às pessoas por ideais, valores e sonhos, o engajamento é mais intenso e o comprometimento também.

Confira o podcast: CLIQUE AQUI.

 

 

As pessoas precisam ser polidas, desafiadas, trabalhadas, orientadas e, principalmente, reconhecidas. São ávidas por luz, por alguém que dê importância, reconhecimento e direção a elas. AS PESSOAS ESTÃO ÁVIDAS POR LIDERANÇA. Seja você este líder, um líder em alta definição.

 

Conheça a Liderança em Alta Definição e mude sua vida: 

Comentários